Você está aqui
Home > Brasília > Ministério das Cidades libera R$ 300 milhões para metrô de Samambaia e viaduto do Sudoeste

Ministério das Cidades libera R$ 300 milhões para metrô de Samambaia e viaduto do Sudoeste

CB.Poder

ANA MARIA CAMPOS
Uma boa notícia para Brasília: o Ministério das Cidades aprovou projeto do governo do Distrito Federal para expansão do Metrô de Samambaia e para modernização do sistema. Até junho, o Metrô/DF lança o edital de licitação e o contrato deve ser assinado em novembro.

Três anos a partir daí, duas novas estações de Samambaia, num novo trecho de 3,671 km de extensão, estarão em operação. Além desse projeto, o Ministério das Cidades liberou ainda o repasse de R$ 17 milhões para a construção do viaduto de interseção da Estrada Parque Indústrias Gráficas (EPIG) com o Setor Sudoeste e o Parque da Cidade.

Evento com Temer
O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) pretende promover uma solenidade para anunciar o projeto e a liberação dos recursos federais, com a presença do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e do presidente Michel Temer.

Trata-se de um projeto de grande visibilidade e impacto no DF porque, além de melhorar o transporte público naquela região de grande expansão populacional, a obra movimenta os setores imobiliários e de construção civil.

“Essas obras são estratégicas para Brasília. A modernização e a expansão do Metrô vão trazer benefícios enormes à população de Brasília. Estamos felizes e agradecidos com a notícia”, disse Rollemberg à coluna.

Mais duas estações para Samambaia
O projeto completo para expansão e modernização do metrô prevê investimentos de R$ 315 milhões, sendo R$ 275,5 milhões do orçamento-geral da União e R$ 40 milhões de contrapartida do GDF.

O presidente do Metrô/DF, Marcelo Dourado, estima em aproximadamente 78 mil pessoas o número de beneficiados com a obra de ampliação do metrô. “A população atual de Samambaia é estimada em 260 mil pessoas. O calculo é que 30%, em torno de 78 mil pessoas, serão direta e indiretamente beneficiadas com a expansão.”, afirma.

Os recursos serão liberados paulatinamente, à medida em que as obras avançarem. Mas o Ministério das Cidades já assumiu o compromisso oficial, o que permite a realização da licitação.

A previsão é de que a obra leve 36 meses para a construção de mais duas estações em Samambaia. Hoje a cidade já tem quatro outras estações. O Metrô conta com 24 estações, mas o governador Rodrigo Rollemberg vai inaugurar mais três ainda neste ano, na 106 Sul, 110 Sul e uma outra entre Águas Claras e Taguatinga.

Novos projetos à espera de deliberação
Aprovado agora pelo Ministério das Cidades, o projeto do Metrô/DF começou a ser trabalhado em junho de 2015. Houve várias reuniões técnicas. O governo entregou ainda propostas para expansão da via de Ceilândia e construção do trecho até a Asa Norte. Mas ainda aguarda deliberação.

Deixe uma resposta

Top