Você está aqui
Home > Brasil > Vídeo de Cristiane Brasil com saradões constrange Planalto e PTB

Vídeo de Cristiane Brasil com saradões constrange Planalto e PTB

Petebistas dizem que sigla já está desgastada com disputa judicial em torno da nomeação da parlamentar para Ministério do Trabalho

MATERIAL CEDIDO AO METRÓPOLES
Ana Helena Paixão

O Palácio do Planalto e a cúpula do Partido Trabalhista Brasileiro demonstraram desconforto com a divulgação de um vídeo no qual a postulante à ministra do Trabalho, deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ), se defende dos processos que enfrenta na Justiça trabalhista.

Na gravação, que viralizou nas redes sociais, a parlamentar está a bordo de uma lancha, ao lado de quatro homens sem camisa. Desde 8 de janeiro, quando a 4ª Vara Federal de Niterói (RJ) suspendeu a posse de Cristiane como titular da pasta do trabalho, para a qual fora indicada cinco dias antes, o governo federal e a própria deputada travam uma verdadeira batalha judicial para garanti-la no primeiro escalão da gestão Temer.

Veja o vídeo: 

 

Reservadamente, um deputado afirmou que a escolha da parlamentar para o Ministério do Trabalho já trouxe muito desgaste ao partido e que outro nome não foi indicado até agora somente porque ela é filha do presidente da legenda, Roberto Jefferson, delator e condenado no Mensalão.Apesar do novo episódio, o Planalto afirma que a indicação da parlamentar está mantida. O governo federal espera que o Supremo Tribunal Federal (STF) tome um decisão definitiva sobre o caso em breve. No PTB, por enquanto, também não se fala em novo nome para assumir o Ministério do Trabalho.

A cerimônia de posse já foi marcada duas vezes — a última delas na madrugada de 22 de janeiro, quando a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, suspendeu temporariamente a solenidade agendada para a manhã seguinte. O Supremo se manifestou preliminarmente após o Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Mati) entrar com recurso na Corte.

Após sucessivos recursos negados na segunda instância judicial, o ingresso de Cristiane no Ministério do Trabalho havia sido permitido após análise no Superior Tribunal de Justiça (STJ) de um pedido apresentado pela Advocacia-Geral da União (AGU).

Ações trabalhistas
Cristiane Brasil foi condenada em ação movida por um motorista que prestou serviços para ela. De acordo com a sentença de 2016, a deputada devia ao ex-funcionário R$ 60 mil. Fernando Fernandes Dias trabalhou sem carteira assinada no período de 29 de novembro de 2011 a 10 de janeiro de 2015.

A condenação é utilizada como justificativa por grupo de advogados que tenta impedir Cristiane de assumir a vaga no governo federal. “O atual governo federal insiste em nomear como ministra do Trabalho pessoa absolutamente desqualificada para um cargo onde terá como missão fiscalizar exatamente os desrespeitos à legislação que a levaram a condenações na Justiça do Trabalho”, afirma o Movimento Movimento dos Advogados Trabalhistas Independentes (Mati).

Procurada pelo Metrópoles, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) afirmou, por meio de nota, que a gravação e a divulgação do vídeo foram manifestações espontâneas de um amigo, editadas fora do contexto. “A deputada reitera ainda o seu respeito à Justiça do Trabalho e à prerrogativa do trabalhador reivindicar seus direitos”, escreveu.

Fernando de Noronha
Após indicação, Cristiane Brasil foi alvo de outra polêmica, envolvendo, dessa vez, uma viagem de Ano-Novo a Fernando de Noronha, quando ela e amigas se hospedaram no hotel de trânsito da Força Aérea Brasileira (FAB) durante a virada do ano. O local é mantido com verba pública e reservado a autoridades, militares e “personalidades civis”. O pedido para a temporada no estabelecimento partiu da própria parlamentar e foi autorizado pelo comando da Aeronáutica.

O Ministério Público Federal de Pernambuco investiga se houve improbidade administrativa no episódio, que deve ser alvo ainda de representação no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados por quebra de decoro parlamentar. (Com informações da Agência Estado)

Deixe uma resposta

Top