50 ANOS DE BRASÍLIA: FESTA TRANQUILA E POPULAÇÃO COMPARECEU

0
3

Foi ao som de Peixe vivo, uma das cantigas populares preferida de Juscelino Kubitschek, na voz de Milton Nascimento, e Trenzinho Caipira, quando os artistas da cidade voltaram ao palco para acompanhar, que terminou a festa na Esplanada dos Ministérios para o aniversário de 50 anos de Brasília. Logo depois, começou a queima de fogos de artíficio.

Segundo a PM, o público estimado durante todo o dia foi de 1 milhão de pessoas. O auge da festa, ainda de acordo com a Polícia Militar, foi no show dos Raimundo com 700 mil pessoas.

Antes, Daniela Mercury chamou todos os artistas brasilienses que participaram das comemorações como Dhi Ribeiro, Hamilton de Hollanda e Zélia Duncan para cantar a música Canto da cidade, um dos clássicos da cantora baiana. Outro ponto alto da parte final da festa foi a apresentação de três bailarinas em um andaime, que representaram os três anjos de Alfredo Ceschiatti da Catedral Metropolitana. Outro show muito aguardado foi o dos Raimundos, que levou o público ao delírio. O vocalista Digão conclamou o público a valorizar os artistas de Brasília. “Essa terra é nossa. Não precisamos de ninguém de fora”, disse. 

Daniela Mercury também lembrou que 21 de abril marca os 25 anos da morte do ex-presidente Tancredo Neves e cantou o Hino Nacional.

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui