‘6 POR MEIA DÚZIA’ NO GOVERNO DE WILSON LIMA

3
7

Já falei aqui sobre uma reunião secreta que aconteceu na residência oficial de Águas Claras, que envolveu a cúpula da segurança pública do GDF e o governador afastado e preso José Roberto Arruda.

 A notícia agora aparece em jornais, mas um outro fato chama atenção: o ex e o atual secretário de Segurança Pública  e o ex e o atual Diretor da Polícia Civil estavam presentes naquela reunião da chamada operação ‘abafa’. Ou seja: tudo está como era antes. Será que podemos confiar nesses senhores para comandar a estrutura da segurança pública? Quem está por trás de suas nomeações?

Um parlamentar e sua quadrilha continuam mandando (e faturando) na segurança pública e  intimidando jornalista que os investiga há dois anos. As ameaças chegaram até por sedex… O fato já foi devidamente registrado nos órgãos competentes que apuram o caso. E as investigações continuam.

Não é de hoje que ‘autoridades do GDF e do legislativo local’ se utilizam dos serviços de parte da Polícia Civil para fins digamos, nada ortodoxos,  como por exemplo, os crimes de peculato, enriquecimento ilícito, entre outros que praticam durante o exercício de seus mandados. E o governador em exercício Wilson Lima não checa informações. Apenas obedece e nomeia. Alguns personagens deixaram o governo, mas seus sucessores continuam atuando livremente.

 Também, esperar o quê, se foi o próprio Arruda quem determinou a escolha de Wilson Lima para presidir a Câmara Legislativa (e que por acidente virou governador do DF) ?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui