Em carta, secretário Fábio Gondim pede “encarecidamente” sua demissão

0
11

Em uma carta entregue ao governador Rodrigo Rollemberg (PSB), o recém-exonerado secretário de Saúde, Fábio Gondim, pede “encarecidamente” que o governador lhe conceda sua demissão.

No documento a que a coluna Grande Angular teve acesso, Gondim faz uma lista de tarefas que se propôs ao “assumir a difícil missão” de comandar a Secretaria de Saúde do DF.

Segundo Gondim expõe, ele desempenhou seu papel com “honestidade, técnica e muita dedicação”. Diz o demissionário: “Trabalhei com garra e alegria durante todo esse período, com jornadas que, frequentemente, ultrapassaram a média de 12 horas diárias, inclusive aos sábados e domingos”.

Gondim afirma que saiu por motivos pessoais, os quais foram repassados para o governador.

Pelo exposto, solicito encarecidamente que me seja concedida a demissão do cargo de secretário de Estado de Saúde do Distrito Federal

Fábio Gondim, em carta

Nos bastidores, entretanto, a saída de Gondim é atribuída a outros motivos. Um deles seria a resistência de integrantes do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios ao nome de Gondim, que ensaiava a terceirização na Saúde do DF. O loteamento da Secretaria de Saúde com assessores maranhenses também causou antipatia entre colegas do governo.

Veja íntegra do documento:

ReproduçãoREPRODUÇÃO
Fonte: Portal Metropole

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui