A fake news de Toffoli

0
83

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, disse em entrevista ao jornal “O Estado de São Paulo” que “o Ministério Público deveria ser uma instituição mais transparente” e que “a Lava-Jato destruiu empresas”. Quem destruiu as empresas, foram seus donos, ávidos por dinheiro fácil encontrados em generosos contratos nos governos de Lula e Dilma.

O ministro, que foi advogado do PT, parece sofrer de grave amnésia porque quem destruiu empresas e o Brasil, foram justamente os companheiros petistas que foram denunciados por corrupção em conluio com empresários também corruptos, e em alguns casos, condenados e presos (até o STF mandar soltá-los).

É mais uma fake news protagoniza por Toffoli, que sequer passou para concurso para juiz e só virou ministro do STF, graças ao PT, que hoje o enaltece por ter libertado Lula e Zé Dirceu da prisão.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui