A INSATISFAÇÃO DE CHICO VIGILANTE

4
9

O deputado Chico Vigilante (PT), líder do Bloco PT-PRB, subiu a tribuna da Casa, na sessão ordinária desta quarta-feira (6), para expor a sua insatisfação com o andamento dos trabalhos na Casa. Com ênfase, o deputado destacou o horário que subiu à tribuna, exatamente às 16h17 min. “…de  uma quarta-feira, dia de votação no Parlamento, pelo menos deveria ser assim uma vez que existem importantes projetos a serem votados”, disse. E citou o Projeto de Lei da reestruturação do transporte público como exemplo. “A verdade é que é mais um dia sem votar nada”, desabafou o parlamentar.

E prosseguiu: “A maioria dos deputados sabe a origem da paralisação. Num sistema normal de trabalho, a oposição vota contra e a base de apoio ao governo, a favor. É assim que funciona. Mas o que está acontecendo aqui é um jogo de faz de conta. Não foi votado nenhum projeto de deputado e tem muito projeto interessante esperando para ser votado. O meu que derruba essa determinação esdrúxula que proíbe o funcionamento de postos de combustíveis em supermercado, hipermercado, shopping Center, por exemplo”. PL. 1/2011.

O parlamentar defende que o Poder Legislativo não pode continuar paralisado desse jeito, sem votação. “Estamos caminhando para a escalada da insensatez. Estamos chegando aos cem dias de trabalho nesta Casa e nada foi votado”, afirmou. E continuou:

“Existem investigações contra parlamentares?  Pois que se investigue, que seja seguido os ritos normais. É assim que funciona. Não adianta querer tapar o sol com a peneira. Existe uma crise entre a bancada de sustentação ao governo com o Governo. Eu represento um bloco de seis deputados e na bancada do PT não tem crise. No nosso bloco não tem crise. Mas a crise existe na Casa”, ressaltou Chico Vigilante. E concluiu: “O governador Agnelo precisa chamar os presidentes de partidos e os deputados que dão sustentação ao governo para uma reunião conjunta e colocar em termos gerais quais são as regras  para resolver esse impasse. E isso tem que ser feito imediatamente”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui