CASO DE POLÍCIA: TURMA LIGADA A FRAGA ‘EDITOU’ UMA VERSÃO, MAS FOI MAURÍLIO SILVA QUEM ARMOU E DENUNCIOU QUADRILHA

0
5

O deputado Alberto Fraga é  homem cercado  de uma turma perigosa. Há meses que  sua turma ameaça testemunhas, deturpa fatos e consegue – acreditem – até mudar depoimento.

Desde 2008 tenho recebido  informações acerca da máfia da corrupção que atinge a secretaria de Transportes do DF (que envolvia o Detran, DFtrans e o DER-DF) e tenho investigado os fatos e portanto, sei muito mais que posso falar agora.

Através de ameaças inclusive feitas por sedex, a turma ligada ao deputado federal Alberto Fraga (DEM)  (QUE COMANDA A SECRETARIA DE TRANSPORTES DO DF) fez várias intimidações à este blog e ao ex-deputado distrital Maurílio Silva, que  preparou uma reunião à pedido de um integrante da Asplac,  que havia lhe procurado para contar a incrível história de intimidação que estava sofrendo por parte da turma do então secretário de Transportes do DF, Gualter Tavares Neto. O intuito era descobrir quem comandava os interesses dentro do Detran e o que eles de fato queriam e quem seria o “homem” infiltrado na Associação de Placas.  Foi o próprio Maurílio quem coordenou para que toda a história fosse devidamente registrada e encaminhada ao Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas do DF. Isso, a turma não contou para a imprensa.

As ameaças foram encaminhadas à Polícia Civil e ao Ministério Público, e também  toda a história foi contada a duas outras autoridades: o delegado Mauro Cezar e o deputado federal bispo Rodovalho que pediram para que tivesse “cuidado” com a turma do Fraga.

A turma ligada à Fraga esperava pegar Roriz. Agora, está ao lado do homem que tentou derrubar, mostrando apenas um trecho de um áudio que, se mostrado na íntegra, revelerá todas as denúncias feitas por empresários honestos que estavam sendo obrigados à fazer parte do milionário jogo dos amigos de Fraga.

Próxima segunda-feira, (5) acompanhe aqui os dados, as informações e os depoimentos de testemunhas que denunciaram esquema envolvendo o ex-secretário-adjunto e atual secretário de Transportes do DF.

A turma do secretário Gualter Tavares precisa apresentar a íntegra da gravação, onde empresários fazem seríssimas acusações contra ele (que era secretário de Transportes do DF), Gualter Tavares Neto (secretário-adjunto e atual secretário de Transportes), e  ex-diretores do Detran (na gestão de Arruda) Cesar Caldas e Délio Cardoso.

É de arrepiar. Ainda bem que Agnelo que se livrou da turma do Fraga. O que vem pela frente, é puro escândalo de quem tem muito, mas muito a explicar à sociedade do DF.

Maurílio Silva afirmou ao blog que foi ele quem ajudou a denunciar o esquema dentro do Detran. Portanto, não tem nada a esconder e está disponível – como sempre esteve – para colaborar com as autoridades no sentido de se acabar de vez com a corrupção que insiste em prevalecer no DF.

O deputado federal Alberto Fraga (DEM) foi comunicado a respeito e prometeu tomar providências para que os culpados sejam devidamente punidos. Ele alegou a este jornalista, ainda em fevereiro, que  “não admite corrupção, e por isso mesmo havia demitido dois ex-assessores no ano passado que haviam usado seu nome indevidamente em negociatas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui