Acordo põe Joe Valle na frente

0
19

Pelo menos 13 deputados distritais estariam alinhados à dobradinha PDT-PMDB para a presidência da Câmara Legislativa. Onze parlamentares foram à reunião com os presidentes dos partidos, Georges Michel e Tadeu Filippelli, e outros dois manifestaram, por telefone, apoio a Joe Valle (PDT) para o comando. Wellington Luiz (PMDB), neste caso, ficaria com a vice-presidência. As conversas, no entanto, ainda estão em andamento. Fato é que, se confirmado o acordo, o grupo já é suficiente para derrotar o candidato do governador Rodrigo Rollemberg, Agaciel Maia (PR). Embora a eleição ocorra em uma semana, muita água ainda há de rolar por debaixo da ponte.

Independência

“Tudo é possível. O rito da Câmara é de acordos”, admite Joe Valle. “Todos nós defendemos a importância da independência do Executivo. É preciso ter harmonia e independência”, completa, em referência clara à tentativa de Rollemberg de emplacar o nome de um forte aliado no comando.

Composição

Wellington Luiz diz que ainda está amadurecendo o projeto de candidatura, mas garante que o nome dele está posto, seja para uma candidatura independente, seja para uma composição de chapa. “Ganhar do governo é uma questão de composição e de números”, comenta.

Treze, pelo menos

Fechados com Joe estariam ele próprio, é claro, Cláudio Abrantes (Rede), Israel Batista (PV), Reginaldo Veras (PDT), Celina Leão (PPS), Cristiano Araújo (PSD), Robério Negreiros (PSDB), Raimundo Ribeiro (PPS), Rafael Prudente (PMDB), Ricardo Vale (PT), Wasny de Roure (PT), Chico Leite (Rede), além de Wellington.

 

 

Fonte: Do Alto da Torre/Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui