Acordo rompido: Cristovam saiu e Rollemberg ficou com o GDF

1
13

 

Alguns políticos garantem que estão estremecidas as relações entre os senadores Cristovam Buarque (PDT) e Rodrigo Rollemberg  (PSB). O motivo seria uma espécie de quebra de acordo. Os dois teriam acertado que deixariam a base do governador Agnelo Queiroz (PT) no mesmo dia, o que deveria provocar um bom impacto político. Afinal, o governador estava enfrentando uma grande crise política.

Só que Cristovam anunciou o rompimento do PDT com o governo Agnelo e Rodrigo Rollemberg alegou que o partido ainda estava discutindo a questão internamente. O resultado foi que o PSB ficou.

Em uma entrevista recente ao semanário Brasília Agora, Rollemberg disse que o seu partido continua na base de sustentação ao governo de Agnelo Queiroz (PT).  O senador explicou que o partido tem uma postura uma postura crítica, mas “defendemos que temos uma responsabilidade com o Distrito Federal e por isso mesmo continuamos na base, tanto do Governo Agnelo, como no governo Dilma”.

 

Fonte: Blog do Honorato

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui