Administrador do Guará repreende atitude preconceituosa de morador

0
17

Durante a reunião de prestação de contas do orçamento participativo do Guará, convocada pela Coordenadoria das Cidades e realizada na noite de quinta-feira (8) no auditório da Administração, os membros do Conselho, delegados e suplentes se depararam com uma situação constrangedora. O morador da cidade e colunista do Jornal do Guará, José Gurgel discriminou, na presença de todos, o funcionário da Administração Regional e morador da cidade há 45 anos, Haroldo Menezes. O ato discriminatório se deu pelo fato de que Haroldo é anão e pré-candidato a deputado distrital. “É um absurdo um anão ser candidato a deputado distrital. Eu discrimino mesmo”, disse Gurgel.

O candidato a deputado distrital pelo partido PHS não estava no local e ficou chocado ao saber do ocorrido. O administrador do Guará, Antônio Carlos Freitas que presidia a reunião e é coronel da Polícia Militar, imediatamente repreendeu o Sr. Gurgel informando-lhe que aquela atitude era inaceitável e que ele poderia ser preso. O servidor público, procurou um advogado e vai entrar com uma representação contra Gurgel. “Sou morador da cidade e conhecido por pessoas de todas as classes sociais. Estou envergonhado com o ocorrido e isso não pode ficar impune”, avisou Haroldo.

preconceito

Fonte: Administração Regional do Guará 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui