Advogado que postou mensagens contra distritais é exonerado do cargo

1
10

Comentários em rede social causaram mal-estar entre os parlamentares

 

Arthur Paganini

 

O autor dos ataques contra oito deputados distritais pela rede social foi exonerado ontem da Câmara Legislativa. O advogado Lincoln de Sena Moura, que estava lotado na Comissão de Segurança da Casa na cota de servidores de livre provimento do gabinete do deputado Raad Massouh (PPL), acabou demitido a pedido do próprio parlamentar. Nas últimas semanas, Lincoln postou uma série de comentários em sua página pessoal em uma rede social questionando o trabalho dos demais parlamentares no julgamento do processo de decoro enfrentado por Raad.

Leia mais notícias em Cidades

Entre os comentários, Lincoln acusou oito dos 24 deputados de estarem envolvidos em “situações inclusive muito piores e mais graves” que Raad, mas que estariam “blindados no corporativismo”, o que gerou muito desconforto entre os distritais. As mensagens foram apagadas após a divulgação dos ataques pelo Correio.

O desligamento de Lincoln foi publicado na edição de ontem do Diário da Câmara Legislativa. Ele ocupava um cargo de assessor CL-11. A função prevê vencimento de R$ 4,9 mil, mas, com o acréscimo da chamada representação mensal, o salário pode chegar até a R$ 7,9 mil.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

 
 
 
Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui