Agefis virou monstro, acusa candidato a governador do DF, José Roberto Arruda

3
18

 

Os comerciantes fizeram a Arruda um apelo pela estabilidade jurídica dos negócios. Eles se queixam que o atual governo cassou 2,8 mil alvarás de funcionamento
Daniel Cardozo
daniel.cardozo@jornaldebrasilia.com.br
Agefis:arrudaAo percorrer ontem a Feira dos Goianos, o ex-governador José Roberto Arruda defendeu o retorno da fiscalização de atividades públicas para as administrações regionais e criticou a Agefis, Agência de Fiscalização do Distrito Federal, a quem cabe hoje esse trabalho.

Os comerciantes fizeram a Arruda um apelo pela estabilidade jurídica dos negócios. Eles se queixam que o atual governo cassou 2,8 mil alvarás de funcionamento. “O atual governador mandou a Agefis fechar os galpões por mais de dez vezes”, reclamou um feirante, que pediu para não ser identificado.

“A Agefis deu errado, virou um monstro. A fiscalização tem que voltar a ser da administração”, respondeu Arruda.

Outras propostas dos feirantes também tiveram retorno do candidato. “A creche, por exemplo eu penso em fazer não pro governo tomar conta, vamos botar instituição social pra cuidar. O estacionamento, que pode ser na plataforma superior, também pode ser mais um serviço que vocês podem explorar ”, exemplificou Arruda.

Por seu potencial de vendas, a Feira dos Goianos, segundo feirantes, depende do aval e apoio do governo para ser referência nacional. São 3.5 mil bancas, quatorze galpões e 25 mil empregos diretos e indiretos.”Depois da eleição, vamos fazer uma reunião com a diretoria da associação”, salientou Arruda, que ainda prometeu levar um arquiteto hoje até o local para montar o projeto.

Saiba mais

O ex-governador Arruda aposta na reedição de uma das marcas de sua campanha de 2006. Percorre a pé todas as cidades do Distrito Federal, abordando moradores e comerciantes.

A agenda das visitas raramente é divulgada com antecedência pela equipe do ex-governador.

Fonte:  Jornal de Brasília

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui