AGNELO ‘ATROPELA’ E MANTÉM NA HORA EM TAGUATINGA

11
9

POSTO SEBRAE EM TAGUATINGA E  NA HORA  NÃO IRÁ MAIS PARA O RIACHO FUNDO I

O governador Agnelo Queiroz inaugurou, hoje (13), um balcão de atendimento do Sebrae na Associação Comercial e Industrial de Taguatinga (Acit). A intenção do governo é descentralizar e facilitar o acesso aos serviços para o empreendedor individual. “É o nosso objetivo, progressivamente, ir fazendo isso. O que nós queremos é ampliar os benefícios numa parceria com a Acit”.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, José Sobrinho Barros, dez postos já estão em funcionamento nas associações comerciais das cidades-satélites e outros dez balcões devem ficar prontos até o final deste mês. “Todos os produtos de capacitação profissional hoje estão disponibilizados nesses balcões. O empreendedor individual ou o pequeno ou microempresário tinham que se deslocar até a sede do Sebrae, no SIA. Agora, não precisa mais”.

Sobrinho afirmou ainda que a intenção é, no próximo ano, ampliar o projeto em sua totalidade, alcançando todas as regiões administrativas. “Onde não existir uma associação comercial, ou onde ela não tiver capacidade, a gente vai buscar parceiros para isso”.

Durante a inauguração o governador Agnelo aproveitou para anunciar que o Na Hora não será retirado de Taguatinga. A notícia foi recebida com muitas palmas pelos empresários do setor. “Eu quero tranquilizar os nossos empresários de Taguatinga em relação à possibilidade que foi levantada aqui de se retirar o Na Hora. Isso não vai acontecer, porque Taguatinga é uma referência comercial importante”.

O administrador Regional de Taguatinga, Antonio Sabino, também destacou que cerca de 50% dos alvarás de funcionamento das empresas são realizados no Na Hora de Taguatinga, ou seja, uma demanda relevante para ser transferida. Com isso, a administração ficaria sobrecarregada e não teria infra-estrutura e pessoal para atender todas as demandas. “Atualmente a administração emite 50% das licenças e o Na Hora é responsável pelo os outros 50%. Nós não temos como realizar o atendimento deles que atualmente está em torno de dois mil a três mil atendimentos por mês”, lembra Sabino.

Estavam também presentes no evento o vice-governador Tadeu Fillipeli, o senador Rodrigo Rollemberg, o secretário de micro e pequenas empresas Dirsomar Cahves e o secretário de Turismo Luis Otávio Neves e o anfitrião Antonio Sabino, administrador de Taguatinga.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui