AGNELO QUEIROZ SERÁ COORDENADOR POLÍTICO DE TRANSIÇÃO ENTRE OS GOVERNOS

0
7

Do Correio Braziliense 

Luísa Medeiros

Ricardo Taffner

O governador eleito do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, anunciou nesta segunda-feira (8/11) que será o coordenador político da transição entre o mandato de Rogério Rosso (PMDB) e o dele. Em reunião na sede do PRB, no Lago Sul, com os presidentes dos partidos que o apoiaram, o petista disse que contará com a ajuda dos senadores eleitos da base aliada, Cristovam Buarque (PDT) e Rodrigo Rollemberg (PSB), além do seu vice, Tadeu Filippelli (PMDB), e do presidente regional do PT, Roberto Policarpo.

O grupo que cuidará das questões técnicas, como a estrutura de governo e o Orçamento de 2011, será composto por pessoas indicadas pelos 13 partidos que apoiaram o petista durante a campanha. Os presidentes de cada legenda têm até esta terça-feira (9/11) para indicar nomes. A equipe de transição deverá ser composta por 100 pessoas e utilizará o primeiro e o quarto andares da Biblioteca Nacional, na Esplanada dos Ministérios, com 1,8 mil metros quadrados.

 

O governador eleito afirmou que até 20 de dezembro vai anunciar os nomes dos secretários. Para esta terça-feira, Agnelo terá agenda cheia. Ele deve visitar a Biblioteca Nacional para conferir a estrutura do local e se reunir com os deputados distritais da base aliada para discutir o Orçamento do próximo ano. Além disso, a expectativa é que aconteça um encontro no Palácio do Planalto para falar sobre os recursos do governo federal que vão para a capital federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui