AGU: contrato de informática está sob suspeita

    0
    2

    Parecer de órgãos da Advocacia Geral da União (AGU) apontam irregularidades no contrato firmado, com “dispensa de licitação”, pelo ministro Luis Inácio Adams com a empresa de informática CTIS. A CTIS também havia sido contratada pelo INSS quando José Weber Holanda, braço direito de Adams, era o procurador-chefe da autarquia. Quando ele assumiu o posto de nº 2 da AGU, a CTIS reapareceu.

     

    Fonte: Cláudio Humberto

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui