Álcool e incompetência

0
15

Um cidadão promete dar muita dor de cabeça ao novo governo a partir de janeiro, caso seja mesmo confirmado no cargo de subsecretário de Vigilância em Saúde. Ele é viciado em álcool e quando ocupou a mesma pasta no governo de Agnelo Queiroz, foi exonerado tempos depois por incompetência. Gastou apenas 4% do orçamento previsto. E o futuro adjunto do sujeito também está enrolado em denúncias.

E ainda tem aquela ex-diretora do HRT que sonha ser adjunta na SES. Se ela for mesmo para o gabinete, o caos estará instalado na Secretaria de Saúde. A mulher é sinônimo de muita confusão. Basta perguntar aos servidores do Hospital Regional de Taguatinga…

Muita calma nessa hora na SES.

 

 

Fonte: Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui