Alegres férias e Carnaval infernal

Agora ricos (e não foi com o salário de parlamentar), “Bonnie e Clyde” do cerrado desfrutam as delícias que o dinheiro alheio pode proporcionar. Curtem férias bem distantes da capital, achando que nunca serão desmascarados. Fevereiro promete fortes emoções ao casal e ao assessor que faz as negociatas nada republicanas junto a empresários e diretores de escolas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui