Após o acordo, a máquina

0
8

Agnelo e Filippelli reúnem-se com o secretariado a fim de referendar reedição da aliança entre PT e PMDB no pleito do ano que vem. Governador cobra secretariado e quer executar R$ 4,9 bilhões em investimentos

Depois de uma semana agitada nos bastidores políticos do Distrito Federal, o governador, Agnelo Queiroz, o vice, Tadeu Filippelli, e todo o secretariado reuniram-se, na tarde de ontem, no Palácio do Buriti. Na pauta, a necessidade de unificar os discursos e as ações de governo na reta final do mandato e, assim, selar a reedição da aliança entre PT e PMDB para o ano que vem. Filippelli foi contundente em suas palavras ao ratificar que seria, novamente, candidato a vice em 2014 e que, em 2018, se colocaria como o candidato a governador pela aliança entre os dois partidos. Nesse plano, Agnelo estaria cotado para o Senado. O encontro foi avaliado como positivo pela equipe governista. Leia mais

Fonte: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui