ARRUDA DE CUIABÁ É CASSADO

0
7
Depois dos famosos panetones de José Roberto Arruda, governador do Distrito Federal citado no Mensalão do DEM, é a vez dos biscoitos de um outro Arruda – Lutero Ponce de Arruda (PMDB), cassado da presidência da Câmara municipal de Cuiabá (MT) e denunciado criminalmente pelo Ministério Público Estadual por suposto desvio de R$ 3,9 milhões.
A base da acusação contra Arruda, o de Cuiabá, é uma auditoria que fala em aquisição fictícia de 11 toneladas de biscoitos para consumo próprio e de outros 19 vereadores. “Considerando que a Câmara em 2007 e 2008 era composta por 20 vereadores, em tese, coube a cada um deles 552,1 quilos de bolacha, mais de meia tonelada por vereador, o que equivale a 1,5 quilo de bolacha por dia para cada vereador”, afirma a promotora Ana Cristina Bardusco na denúncia à Justiça.
Afora a montanha de biscoitos, a gestão do ex-vereador teria justificado saída de recursos naquele biênio com a compra de 24,5 toneladas de açúcar, 572 litros de adoçante e 7.464 litros de leite. A apuração foi realizada pela Promotoria Criminal Especializada na Defesa da Administração Pública e Ordem Tributária. Fonte: O Estado de S. Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui