ARRUDA: EX-ALIADOS DEFENDEM RENÚNCIA

3
6
deu em o globo

Arruda: ex-aliados defendem renúncia

 

Abertura de processo de impeachment do governador deve ser aprovada amanhã

De Bernardo Mello Franco:

Deputados distritais que apoiavam o governo de José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM) na Câmara Legislativa do Distrito Federal abandonaram o tom de cautela e aumentaram ontem a pressão para que ele renuncie ao mandato. O relatório que pede a abertura do processo de impeachment deve ser aprovado com folga amanhã, em plenário. Preso desde o dia 11, Arruda já admite ter perdido o controle da Casa, mas promete resistir no cargo.

A tentativa de se agarrar ao mandato tem um motivo prático: se renunciar, Arruda perde o direito à prisão especial. Assim, ele seria transferido da sede da Polícia Federal para uma cela comum no presídio da Papuda, afastado do centro de Brasília. O Supremo Tribunal Federal (STF) julga na quinta-feira o pedido de habeas corpus para suspender sua prisão preventiva.

Ontem, a deputada distrital Eliana Pedrosa (DEM) defendeu abertamente a renúncia do governador. Ela disse que suas ameaças contra aliados não impedirão o andamento do processo de impeachment.

— A melhor solução é a renúncia. Ameaça por ameaça, temos a da intervenção federal, que é muito maior — desafiou. Leia mais em O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui