ARRUDA NÃO QUER A CPI DIGITAL

0
12
Ao assumir o governo do Distrito Federal, o governador José Roberto Arruda anunciou aos quatro ventos que apoiava as CPIs do BRB e do Instituto Candango de Solidariedade. Ao ser informado dos perigos que estas CPIs poderiam refletir dentro de seu próprio governo, Arruda voltou atrás e pediu à sua base aliada para esquecer o assunto. Pois bem, agora Arruda tenta evitar a todo custo a CPI digital. A primeira vítima desta CPI foi o secretário de tecnologia Izalci Lucas, que tenta explicar o inexplicável. Estranhamente, neste governo, permanecem empresas que estão sendo investigadas desde o governo anterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui