MAIS
    HomeNotasARRUDA PERSEGUE DELEGADO MAURO CEZAR QUE DENUNCIOU MANOBRAS EM INVESTIGAÇÕES

    ARRUDA PERSEGUE DELEGADO MAURO CEZAR QUE DENUNCIOU MANOBRAS EM INVESTIGAÇÕES

    Mais uma do governador Arruda! No dia 04 de dezembro, o novo secretário de Governo do GDF, Flávio Giussani encaminhou ofício ao Diretor-Geral da Polícia Civil, Cléber Monteiro, devolvendo o servidor Mauro Cezar Lima, delegado de Polícia, que estava lotado na Secretaria de Governo do Distrito Federal. Ele foi notificado no dia 08 e ingressou no Conselho Especial do TJDF com mandado de segurança com pedido de liminar, uma vez que o delegado é presidente do Sindicato dos Delegados do Distrito Federal, e que acordo com a Lei 8.112/90 artigo 240, alínea b, não pode ser removido do local de trabalho pois tem INAMOVIBILIDADE enquanto estiver cumprindo mandato classista. No mesmo dia 11 de dezembro, o Conselho Especial acatou o pedido e deferiu a liminar, garantindo a permanência de Mauro Cezar na governadoria do DF. A atitude do governo de Arruda em prejudicar o delegado, se deu principalmente após as denúncias feitas por Mauro Cézar que alegou que o governo atrapalhou as investigações, ao afastar, em julho de 2009, três delegados responsáveis pela investigação dos contratos de tecnologia. As mesmas chegaram bem perto de Arruda e sua turma. Mauro Cézar teve de recorrer à Justiça, enquanto Arruda recorre à meios entre meias…

    Na decisão do Desembargador Sérgio Bittencourt, ele afirma o seguinte: “Igualmente caracterizado o periculum in mora, porquanto, fragilizada a posição de seu líder, o próprio Sindicato poderia se fragmentar, justamente no momento em que reivindica melhorias para a categoria que representa. Isto posto, concedo a liminar para suspender os efeitos do ato coator, garantindo ao impetrante sua lotação na Secretaria de Governo do Distrito Federal, até o julgamento definitivo do presente mandamus”.

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img