ARRUDA PODE SER SOLTO E PASSAR O FERIADO EM CASA

0
8
OPERAÇÃO CAIXA DE PANDORA – DISTRITO FEDERAL
Arruda pode ser solto e passar o feriado em casa

O ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (ex-DEM, sem partido) pode passar o feriado da Páscoa em casa. A Procuradoria Geral da República deve dar um novo parecer sobre a prisão do governador cassado e concordar que ele seja solto. Arruda está preso desde 11 de fevereiro na Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

Arruda foi preso sob acusação de tentar subornar testemunhas do chamado mensalão do DEM. A prisão dele já teria cumprido seu efeito, já que a maioria dos envolvidos no esquema já foram ouvidos pela Polícia Federal e Arruda não teria mais como interferir nas investigações.

Na quarta-feira (31), cinco pessoas foram convocadas para depor. No entanto, apenas o deputado distrital Rogério Ulysses (sem partido), o ex-secretário de Ordem Pública do DF, Roberto Giffoni, e o ex-deputado distrital Júnior Brunelli (PSC) responderam às perguntas durante o interrogatório.

O assessor da Secretaria de Educação Masaya Kondo e o deputado Benício Tavares (PMDB) compareceram ao interrogatório, mas não falaram. A deputada distrital Eurídes Brito (PMDB) e Mariane Vicentine, ex-mulher de Arruda, apresentaram atestado médico e não compareceram.

Na segunda-feira (29), Arruda seguiu ordens de seu advogado e ficou calado. Até agora, 28 pessoas se apresentaram para os depoimentos à PF. Ao todo, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) determinou que 42 pessoas fossem ouvidas.

A PF informou que não haverá depoimentos hoje e que os outros depoentes devem ser convocados para falar na próxima segunda-feira (5).

Informações do R7.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui