ARRUDA: SEM PRAZO PARA DEIXAR PRISÃO

2
11
Deu em O Globo

Arruda: sem prazo para deixar prisão

 

Para Gurgel, governador afastado deve ficar na cadeia até o fim da investigação

De Carolina Brígido e Fábio Fabrini:

Passado um mês da prisão do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse ontem que o prazo de vencimento da prisão preventiva ainda está longe de ser atingido.

Ele reiterou a importância da prisão, para evitar que Arruda prejudique as investigações de um suposto esquema de corrupção instalado no governo local. O caso tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

— Estamos ainda longe (do vencimento do prazo da prisão preventiva) — disse Gurgel.

O procurador afirmou que, ao fim das investigações, ele será o primeiro a defender a libertação de Arruda. Gurgel prometeu pressa para concluir as apurações, mas ainda não tem previsão de quando isso acontecerá.

Em tese, Arruda ficará atrás das grades até que o STJ considere conveniente para o bom andamento do inquérito.

Leia mais em O Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui