Arrudinha

0
9

Desesperada pelo turbilhão de denúncias nos últimos dias, a deputada distrital Sandra Faraj (SD) continua tentando desqualificar testemunhas, assim como fez o ex-governador Arruda com o jornalista Edson Sombra.

Sandra tentou desqualificar Michelly e Filipe Nogueira, donos da empresa NetPub, e agora tenta desqualificar seu ex-chefe de gabinete, Manoel Carneiro, que é testemunha de acusação contra a parlamentar. Ela até já ganhou apelido novo nos corredores da CLDF: “Arrudinha”

“Cansei de avisar a Sandra para tomar cuidado, para não fazer coisa errada, mas ela parou de me ouvir e o resultado está aí para todos verem a real face e amor ao dinheiro fácil dela. Por isso ele me exonerou. Mas quando eu for chamado como testemunha ao MP relatarei em detalhes tudo o que vi”, afirma Carneiro.

Enquanto isso, cresce a cada dia o desespero de Sandra e de seu grupo, diante da provável cassação do mandato da pastora distrital.

 

 

 

Fonte: Donny Silva