ASSESSOR DE EX-GOVERNADOR E ATUAL CHEFE DE CAMPANHA DE CANDIDATO A DISTRITAL SÃO INVESTIGADOS

 

No DF,  tem assessor de ex-governador que atualmente  trabalha para um candidato a deputado distrital que, desde o ano passado vem investigando adversários políticos para agora, no período eleitoral, começar a chantagear ou divulgar as famosas “Fake News”,  e que acaba de entrar no radar da Polícia Civil do Distrito Federal e da Polícia Federal.

O TRE-DF já foi acionado, mas não podemos dar nomes e detalhes porque os processos penais e eleitorais tramitam em segredo de justiça e os candidatos prejudicados com certeza vão entrar com ação de perdas e danos morais contra os criminosos.

As práticas criminosas consistem em usar uma mulher e seu filho laranja, residente em Planaltina-DF, para mandar mensagens, assim como criar perfis falsos nas redes sociais e partir destes perfis, ficar entrando nas redes sociais dos candidatos adversários para, supostamente, estar denunciando fatos sobre a vida pregressa dos candidatos, quer no Messenger (no particular),  quer no aberto das redes sociais dos adversários. Gerando assim dúvidas nos seguidores dos candidatos que estão sendo atacados.

O problema para este assessor e sua organização criminosa é que a partir da informatização os URLs – endereço eletrônico – dos perfis fakes e das publicações,  podem ser facilmente identificados pela polícia e pela justiça eleitoral, e o autor dos atos e assim encontrar a verdadeira identidade do perfil fake, assim como  de seus cúmplices,   sem contar que qualquer pessoa que acessa processo judicial eletrônico deixa lá seu rastro e endereço de IP.

Em breve vamos poder dar mais detalhes sobre este caso, pois ainda não sabemos se o ex-governador e o candidato a distrital estão envolvidos diretamente. As Polícias Civil e Federal não estão brincando e muito menos a Justiça Eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui