Atentado ao estado

0
15

Em solidariedade ao policial civil Luiz Carlos Lyra Pato, que reagiu a um assalto na segunda-feira e matou o atacante, o Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal arregaçou as mangas na defesa de projeto de lei que torne mais severa a pena para crimes contra os policiais. Uma manifestação nesse sentido já reuniu mil policiais na Esplanada dos Ministérios no dia 25 de fevereiro e nova movimentação está programada para o dia 18 de março. A tese, resumida por Rodrigo Franco, presidente do Sinpol, é de que “um atentado contra um policial é um atentado contra o Estado”.

 

 

 

Fonte: Eduardo Brito/Do Alto da Torre/Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui