Atividades de incentivo ao aleitamento materno em todas as regionais de saúde

0
26

 

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) abrirá a partir do dia 31 de julho, as atividades em comemoração à Semana Mundial da Amamentação (SMAM), celebrada em mais de 120 países, de 1º a 7 de agosto.

“Este ano, decidimos fazer as atividades nas quinze regionais de saúde, com o objetivo de divulgar o tema em todo o DF, alertando sobre os benefícios do aleitamento materno para a criança, mulher e sociedade”, informa a coordenadora de Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano da SES/DF, Miriam Santos.

As ações ocorrerão em todas as regionais de saúde até 9 de agosto, sob o tema “Tão importante quanto amamentar seu bebê é ter alguém que escute você”. O intuito é chamar a atenção sobre os benefícios e a importância do uso de habilidades de aconselhamento em amamentação e do apoio à mulher e familiares.

O Distrito Federal conta hoje com 15 bancos de leite humano. Na SES/DF são 10 unidades –nos hospitais de Taguatinga, Ceilândia, Brazlândia, Asa Norte, Paranoá, Planaltina, Sobradinho, Gama, Santa Maria e no Hospital Materno-Infantil de Brasília (HMIB); e mais dois postos de coleta no hospital de Samambaia e em São Sebastião.

Nestes locais há ambulatórios de apoio à amamentação e também são referência para as unidades básicas de saúde para os casos mais complexos.

Na rede pública federal há um banco de leite no Hospital Universitário de Brasília (HUB) e um no Hospital das Forças Armadas (HFA) e, na rede privada três, nos hospitais Santa Lúcia, Anchieta e Brasília.

O leite recebido nessas unidades é destinado principalmente a alimentar bebês prematuros, com baixo peso e doentes internados nas unidades neonatais da rede.

Alerta – Levantamento realizado pela Coordenação de Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano da SES/DF mostrou que de janeiro a junho deste ano foram coletados 1.194 litros a menos que no mesmo período do ano passado.

“Os estoques estão em baixa, porque este ano não conseguimos colher nem o mínimo que é 1.500 litros por mês, então várias crianças que necessitariam de leite materno acabam não recebendo ou recebem por pouco tempo”, revelou a coordenadora Miriam Santos.

Nesses seis primeiros meses, foram coletados, no total, 7.763,6 litros de leite materno, dado que preocupa a coordenação.

Atividades de Apoio à Amamentação – Desde 2011, a coordenação presta consultoria para a criação de salas de apoio à amamentação em empresas privadas e órgãos públicos do DF.

São ambientes destinados à coleta e estocagem de leite materno durante o expediente de trabalho, a fim de manter a produção do leite e evitar mastites, por exemplo. Alguns órgãos, como o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Palácio do Buriti e Ministério do Comércio Exterior puderam contar com a consultoria da equipe.

“Estamos também treinando todas as equipes da atenção básica para a Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil, que tem por objetivo apoiar as mães e as crianças na amamentação e na alimentação complementar saudável”, reforça Miriam Santos.

A ação para a Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil é uma atividade em conjunto realizada pelo Núcleo da Criança da Subsecretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) e da Gerência de Nutrição da Subsecretaria de Atenção à Saúde (SAS).

Com o intuito de estimular o vínculo entre mãe e bebê, internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, a SES/DF implantou também o Programa Mãe Nutriz, que oferece a oportunidade da mãe permanecer próximo ao seu filho e de participar dos cuidados dele, o que favorece também a amamentação.

O programa funciona nos hospitais de Santa Maria, Sobradinho, Paranoá, Gama, Asa Norte, Brazlândia, Planaltina, Ceilândia, Taguatinga e HMIB.

Iniciativa Hospital Amigos da Criança (IHAC) – O DF tem hoje onze hospitais com o selo da Iniciativa Hospital Amigos da Criança. Na SES/DF são HRT, HMIB, HRP, HRS, HRAN, HRC, HRBZ, HRG e a Casa de Parto de São Sebastião; além do HUB e HFA. A Secretaria trabalha para estender este título também para o HRPA, HRSM e HRSam.

O título é conferido pelo UNICEF e Ministério da Saúde às unidades que cumprem os Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno, que integram os serviços que prestam atendimento materno-infantil e ainda estão de acordo com a Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactantes e Crianças de Primeira Infância, Bicos, Chupetas e Mamadeiras – NBCAL e Lei Federal n° 11.265/2006.

A SES/DF trabalha em conformidade com as diretrizes da Rede Cegonha, incorporando nessa iniciativa os Cuidados Amigos da Mãe.

Benefícios do aleitamento materno

 

Para o bebê – recebe anticorpos para proteção contra diarréia e infecções, principalmente as respiratórias; tem menor risco de alergias, colesterol alto, diabetes e obesidade; ajuda no desenvolvimento físico e emocional; além de favorecer o vínculo afetivo com a mãe.

 

Para a mãe – a amamentação diminui o sangramento pós-parto e o risco de anemia; menos risco de câncer de mama e de ovário; a mulher que amamenta perde mais rápido o peso que ganhou durante a gestação.

 

Programação da Semana Mundial da Amamentação no DF

 

Hospital Regional de Samambaia – 31/07 (manhã)

Hospital Regional de Brazlândia – 31/07 (tarde)

Coordenação de Saúde Candangolândia, Núcleo Bandeirante, e Riacho Fundo – 01/08 (manhã)

TJDFT – 01/08 (tarde)

Hospital Regional de Sobradinho – 02/08 (manhã)

Hospital Regional do Gama – 02/08 (tarde)

Hospital Regional de Taguatinga – 03/08 (manhã)

Hospital Materno-Infantil de Brasília – 05/08 (manhã)

Hospital Regional de Planaltina – 05/08 (tarde)

Coordenação de Saúde de São Sebastião – 06/08 (manhã)

Hospital Regional de Santa Maria – 06/08 (tarde)

Hospital Regional da Asa Norte – 07/08 (manhã)

Hospital Regional da Ceilândia – 07/08 (tarde)

Hospital Regional do Paranoá – 08/08 (manhã e tarde)

Coordenação de Saúde do Recanto das Emas – 09/08 (manhã)

Hospital Regional do Guará – 09/08 (tarde)

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui