23.4 C
Brasília
25 de fevereiro de 2021
Início Brasil BELO HORIZONTE Alexandre Kalil sobe em pesquisa e se aproxima de João...

BELO HORIZONTE Alexandre Kalil sobe em pesquisa e se aproxima de João Leite

0
6

A menos de uma semana da eleição, a disputa entre João Leite (PSDB) e Alexandre Kalil (PHS) para a Prefeitura de Belo Horizonte fica mais acirrada. O ex-presidente do Atlético subiu três pontos, ficando com 25%, e encostou mais no tucano, que estabilizou com 33%. A pesquisa Ibope, divulgada ontem, mostra que os demais candidatos estão praticamente fora da disputa.

Como existe margem de erro de 3 pontos percentuais para mais e para menos, a diferença entre os líderes pode ser ainda menor. João Leite pode ter de 30% a 36%, enquanto Kalil, de 22% a 28%. Partindo do pressuposto que o primeiro está com o menor percentual e o segundo com o maior, a diferença fica de apenas 2 pontos.

Levando em conta que o contingente de eleitores que ainda não sabem em quem vão votar ou que pretendem anular o voto, somados, é de 19%, os demais candidatos não conseguem mais desbancar o segundo colocado.

Eros Biondini, o terceiro colocado, está com 4% das intenções. Na última pesquisa, do dia 14 de setembro, ele estava com o mesmo percentual. Mesmo se todos os que ainda não se decidiram votassem nele, ainda não seria suficiente para superar os 25% já alcançados pelo candidato do PHS. Na quarta colocação está Reginaldo Lopes, do PT, que estava com 3% antes. Délio Malheiros, do PSD, caiu de 4% para 3%, comparando o último levantamento com o atual.

A pesquisa mostra ainda que Alexandre Kalil vem ganhando votos com maior velocidade que João Leite. Se levado em consideração que na primeira pesquisa, em 29 de agosto, o tucano tinha 21% e nas últimas duas repetiu o resultado de 33%, ele subiu 12 pontos nesse período. Já Kalil passou de 11 para 25%, ou seja, avançou 14 pontos.

A pesquisa simulou um possível segundo turno entre João Leite e Kalil. Nesse caso, o eleito seria João Leite, com 47%. Kalil ficaria com 32%. O restante é de votos declarados brancos, nulos e indecisos.

Uma diferença entre os dois candidatos é a taxa de rejeição. Alexandre Kalil é o postulante ao cargo de prefeito que mais pessoas declaram não votar em hipótese alguma. São 31%. João Leite, tem apenas 19% de desaprovação. Na frente dele estão candidatos como Vanessa Portugal do PSTU, com 21%; Délio, com 20% e Luís Tibé (PTdoB), com 20%.
Reginaldo Lopes é rejeitado por 18% e Sargento Rodrigues (PDT) por 17%.A pesquisa ouviu 1.001 eleitores e tem 95% de nível de confiança. Ou seja, as chances de o resultado retratar a realidade é de 95%.

 

Fonte:Tatiana Lagôa/ Hoje em Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui