BENÍCIO “INOCENTE”

0
7


deu no blog do riella:
Fico assustado de ver que o procurador geral de Justiça do DF, Leonardo Bandarra, pediu e conseguiu a absolvição do deputado distrital Benício Tavares (PMDB), naquele episódio tenebroso da pescaria amazônica, onde prostitutas quase infantis envolveram-se em naufrágio e houve até mortes.

Sei que a profissão nos obriga a missões angustiantes, mas como jornalista já perdi emprego para não ter de agir como Bandarra agiu nesse caso. É melhor largar a carreira do que invadir a própria consciência desse jeito.

Está dito no Correio de hoje que “Bandarra pediu a absolvição de Benício sob o fundamento de que o deputado (aquele que é deficiente e vive em cadeira de rodas) não tinha como presumir a idade das meninas (leia-se: meninas) que estiveram no barco em que o distrital estava na Amazônia e, portanto, não poderia ser acusado de exploração sexual de adolescentes”.

O Conselho Especial do Tribunal de Justiça do DF absolveu Benício da acusação de exploração sexual de menores, mesmo reconhecendo que ele praticou atos sexuais com garotas, quase crianças, em 2004. Foram 15 dos 17 desembargadores que tomaram essa decisão.

Tecnicamente, não sei o que dizer. Mas eticamente, de forma humanista, transcendental, seja lá o que for, esta é mais uma pedra a caminho da intervenção federal no DF.  Sinto muito reconhecer isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui