BENS DESBLOQUEADOS

14
4

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal determinou ontem o desbloqueio dos bens do ex-governador José Roberto Arruda (foto). A desembargadora Carmelita Brasil aceitou o argumento de que, na época em que Durval Barbosa fazia a distribuição de dinheiro constante de sua filmoteca, inexistia obediência hierárquica entre eles.

SOBROU PARA O ANTECESSOR
O relatório da desembargadora inclui uma flechada certeira. Contra o ex-governador Joaquim Roriz. O processo que levou ao bloqueio de bens se refere ao vídeo de Jaqueline Roriz. Diz a desembargadora que, naquele momento, “José Roberto Arruda era, tão somente, candidato ao cargo de governador, e não exercia qualquer ingerência sobre os recursos públicos ou sobre decisões de secretários de Estado ou de integrantes do governo, chefiado pelo pai da demandada Jaqueline Roriz”.

EM ITAJUBÁ

José Roberto Arruda não estava em Brasília quando saiu a decisão. Viajou a Itajubá, onde comemora o aniversário da mãe.

Fonte: Coluna DO ALTO DA TORRE – Jornal de Brasília

Fonte: Brasília em OFF e Blog do Sombra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui