Bolsonaro: “Toque de recolher é inadmissível”

0
12

O presidente Jair Bolsonaro criticou hoje (08/03) o lockdown e o toque de recolher, com multa de até R$ 2 mil por descumprimento, adotados no Distrito Federal, por meio de decretos do governador Ibaneis Rocha (MDB), para reduzir a propagação da covid-19.

Em entrevista na saída do Palácio da Alvorada, à equipe da CNN, Bolsonaro afirmou: “Lamento o fechamento indiscriminado como em Brasília, com toque de recolher. Isso é inadmissível”.

Bolsonaro completou: “O lockdown deixa mais pobre quem já é pobre. Então critico sim o governador (Ibaneis) porque sou cidadão e moro em Brasília”.

Não é de hoje que Bolsonaro reclama do fechamento da atividade comercial no país. Na entrevista, ele reforçou a posição:  “Eu não adoraria a política do lockdown. Não deu certo no ano passado e seria um desastre para o Brasil. Evitamos problemas sociais gravíssimos com essa medida social (auxílio emergencial) no ano passado. A proposta agora são quatro meses de um auxílio médio de R$ 250. Nossa capacidade de ajuda está no limite. Isso não é bom pra ninguém”.

Fonte: Ana Maria Campos/Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui