BRB – Gestão de Paulo Henrique Costa terá de responder ao MPT por assédio moral coletivo

0
347

Sinais prenunciam mexidas de forte impacto nas cúpulas do BRB e do Banco do Brasil. Segundo informações, forte arranjo político que ocorre entre o Centrão (Senador Ciro Nogueira) e o Palácio do Planalto,  quer colocar Paulo Henrique da Costa, atual presidente do Banco de Brasília, na presidência do Banco do Brasil.

Existe a suspeita de que a nomeação de Edson Antonio Costa, ex-presidente da CEB, para o Conselho de Administração do BRB, onde o executivo já foi, inclusive, escolhido para presidir o Conselho do banco público, sinaliza que ele poderá assumir a instância máxima do BRB com a mesma missão que teve na CEB: privatizar. Costa foi o grande articulador do processo de privatização da CEB.

Mas antes de eventualmente deixar o Banco de Brasília, Paulo Henrique Costa tem um grande pepino nas mãos.

O BRB terá de responder por notícia de assédio moral coletivo junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT), na Procuradoria Regional do Trabalho na 10a Região, no Processo NF 002638.2020.10.000-9.

 

E agora, PH?

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui