BRB participa de encontro para discutir ações do FCO para 2015

0
13

BRB2A reunião, realizada na semana passada e promovida pela Sudeco e pelo BB, também apresentou os resultados alcançados pelo Fundo no ano de 2014

Na última quarta-feira (25), a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) e o Banco do Brasil (BB), promoveram uma reunião com o objetivo de discutir os resultados do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), no ano de 2014, além de novas ações a serem implementadas no Fundo, este ano.

O encontro contou com a participação de representantes de órgãos e entidades que atuam na região Centro-Oeste, do Ministério da Integração Nacional, dos Governos de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal, além de instituições financeiras que operam com recursos do FCO. Patrícia Alves, Superintendente de Produtos de Desenvolvimento e Agronegócio do BRB, também esteve presente no evento. De acordo com ela: “Aproveitamos a oportunidade para reiterar o compromisso do Banco na atuação dos fundos, principalmente nos segmentos das micro e pequenas empresas, além dos mini e pequenos produtores rurais, por meio do financiamento com recursos de repasse do FCO”, concluiu.

Balanço de 2014 e ações para 2015

Na reunião, foi apresentado o balanço das operações do Fundo, no último ano. De acordo com os dados apresentados, foram contratados R$ 5,7 bilhões, sendo R$ 3,1 bilhões no setor rural e R$ 2,6 bilhões no setor empresarial. Para 2015, o montante disponível é de R$ 6 bilhões. Além disso, dentre as ações propostas na reunião, para este ano, cita-se a revisão da estratégia de divulgação dos seminários do FCO Itinerante; melhorias nas condições de financiamento; priorização de municípios de economia estagnada ou dinâmica; além da revisão dos indicadores e metas. O BRB Para atingir os objetivos estratégicos do Banco, no que se refere à aplicação dos recursos de repasse, BNDES e FCO, implantou-se um projeto na Instituição, denominado Agências Centralizadoras do Crédito Industrial. O projeto consiste na centralização do produto em agências especializadas nesta linha de crédito. São, ao todo, 10 agências: JK, L2 Sul, SIA, Norte, Bandeirante, Taguatinga Norte, Alfa, Valparíso, Sobradinho e Corporate.

O Projeto busca a melhoria dos fluxos e prazos, a especialização na condução dos financiamentos empresariais e rurais, e a agilidade na comunicação entre os agentes envolvidos. “Para 2015, buscaremos ampliar a participação do BRB nos financiamentos com recursos do FCO,
apresentando esta linha de financiamento aos diversos clientes, auxiliando na divulgação do Fundo, e apoiando projetos produtivos que geram emprego e renda, tanto para o produtor rural como para o empresário”, afirmou o presidente do BRB, Vasco Gonçalves.

O Fundo O FCO foi criado pela Lei n.o 7.827, de 27.09.1989, que regulamentou o art. 159, inciso I, alínea “c”, da Constituição Federal, com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento econômico e social da região, mediante a execução de programas de financiamento aos setores produtivos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui