Brigas de casal: Você ouve para entender ou para se defender?

0
19
Confira dicas de como ter uma escuta ativa e ter qualidade na relação

As discussões podem ser sadias desde haja a preocupação em entender os anseios do outro, com empatia (crédito: Unsplash)

Ter um relacionamento é querer compartilhar a vida, felicidade e seu amor com outra pessoa, é querer amar e ser amada(o), e é também querer afirmar um compromisso amoroso. Porém, essas uniões não são apenas flores, pois, naturalmente, existem brigas por divergências de pensamentos e, às vezes, por uma questão de momento ou fase, em que um dos dois está vivendo o estresse e acaba descontando no parceiro.

De acordo com um levantamento realizado pelo Colégio Notarial do Brasil (CNB), entidade que reúne os cartórios de notas do país, o número de divórcios extrajudiciais, realizados diretamente em cartórios de notas, teve alta de 13,39% no segundo semestre de 2020 na comparação com o mesmo período de 2019, alcançando índice recorde desde o início da prática, em 2007.

Para fins de comparação, desde 2010, ano em que foi introduzido o divórcio direto no Brasil, o total de dissoluções matrimoniais em cartório apresentava crescimento médio de 1,6% ao ano. E um dos grandes motivos que resultam nesses dados é a impaciência na hora de enfrentar os problemas e falta de empatia na hora de ouvir o outro.

Para não fazer parte dessa estatística de divorciados(a) , é preciso ter sensibilidade na escuta e ser honesto(a) e gentil com os anseios da pessoa amada. O que parece ser bobagem nem sempre deve ser tratado como algo fútil, pois a resistência de entendimento dessa situação pode ser justamente um ponto de necessidade do outro.

Para ajudar você na escuta ativa e diminuir as brigas com o seu amor, Maicon, fundador do Espaço Recomeçar , separou 5 dicas:

• Desenvolva a capacidade da audiência empática

Ouvir com empatia quer dizer, pois, ouvir dentro do sentimento do outro, e essa capacidade não é obtida quando se ouve para se defender ou para simplesmente responder. Quando um se expressa, as palavras são escolhidas inconscientemente, e é preciso prestar atenção nelas e considerar que nem todos têm facilidade para verbalizar os sentimentos. Por isso, não seja tão exigente no diálogo e busque saídas de acordo com o que o outro oferece.

• Observe o tom da voz

Às vezes, a maneira como uma pessoa usa sua voz nos dá muito mais informações sobre ela do que o sentido lógico daquilo que diz. É nela que captamos sentimentos como alegria, desespero, tristeza, medo, raiva ou qualquer outro. Por isso, busque sensibilidade para estabelecer conexão com a pessoa amada, criando um melhor cenário para o diálogo e para a resolução dos problemas.

• Aprenda a “ouvir” com os olhos

A metáfora propõe que a postura corporal do outro, suas expressões faciais, a maneira como anda, gesticula e até mesmo a maneira como se veste nos dão informações preciosas. É claro que não se deve anular tudo que também sente, mas trabalhar a escuta é, com certeza, um diferencial na relação, pois a tendência das pessoas dentro de um relacionamento é falar o tempo todo. Amar é buscar entender até naquelas horas em que os defeitos do outro são revelados.

• Livre-se de energias negativas

Nada melhor do que procurar ajuda de um profissional, de alguém que vai te ajudar a entender o porquê das brigas e o que precisa fazer para harmonizar a relação. Através de uma Limpeza Espiritual , você vai conseguir saber se o problema enfrentado tem origem espiritual para, então, quebrá-lo. O serviço te fará se sentir mais leve, e isso vai resultar dentro da conversa, removendo as ironias e desconfianças, e promovendo um diálogo com honestidade e transparência.

• Priorize os pontos positivos

Diante de toda e qualquer dificuldade na comunicação, não esqueça os pontos positivos da relação, o que te fez se apaixonar e o que te faz continuar amando e apostando no amor com a pessoa amada. Lembre-se das qualidades individuais e como casal, e de todos os bons momentos que passaram. O amor está nos detalhes, nos pequenos gestos de amor do dia a dia.

Se mesmo praticando a escuta ativa você e o seu amor separaram, acesse aqui para ter dicas de como retomar a sua felicidade como casal!

Sobre o Espaço Recomeçar

Desde 2002, o Espaço Recomeçar auxilia pessoas através de trabalhos espirituais. Seu fundador Maicon Paiva é um renomado espiritualista paulistano e sentiu a necessidade de auxiliar as pessoas em suas vidas, seguindo a tradição da leitura de búzios e tarô, ele e sua equipe auxiliam com limpezas espirituais e amarrações amorosas. Nos anos de trabalho, o Espaço Recomeçar já auxiliou mais de 35 mil pessoas e está aberto para receber você! Confira nossos serviços através do site, clicando aqui!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui