CABIDE DE EMPREGO DA ASSISTÊNCIA JURÍDICA DO DF

0
15

A revista Época trouxe um caso de nepotismo envolvendo um desembargador e Agnelo Queiroz. Na presidência do TJDFT, em papel timbrado do TJDFT, o Desembargador Dácio Vieira pede emprego para a sobrinha. Sugere até o salário. É atendido e a apadrinhada é alocada no CEAJUR. Que vergonha! O órgão que deveria estar protegendo o cidadão mais humilde serve como cabide de empregos. O manda-chuva do CEAJUR deve explicações à sociedade. Aguardemos a nota oficial do Sr. Jairo Lourenço de Almeida, o sujeito da foto ao lado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui