Cabral e a delação do fim do mundo

0
96

Com penas que já somam 280 anos de cadeia, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral teve sua delação premiada homologada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal nesta quinta-feira, 6. O acordo foi firmado com a Polícia Federal em novembro de 2019.

Na delação, Cabral denunciou empresas, aliados, procuradores, políticos e até religiosos. É tanto material, tanta informação, que certamente o Rio de Janeiro nunca mais será o mesmo. Agora é aguardar os próximos capítulos!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui