CAIXA DE PANDORA Enquanto isso… Na sala de Justiça

0
7
 

 

O inquérito contra a deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) está nas mãos do ministro Luís Roberto Barroso. Na última quarta-feira, o caso foi redistribuído. O processo estava sob a relatoria do ministro Joaquim Barbosa, mas ficou em um limbo quando o magistrado assumiu a presidência do Supremo, em novembro do ano passado. Barroso tomou posse na quarta e, no mesmo dia, recebeu o inquérito, que tramita no Supremo Tribunal Federal desde março de 2011. Ele terá que preparar o relatório com sua avaliação sobre as denúncias da PGR. Segundo a ação penal, Jaqueline recebeu “maços de dinheiro das mãos de Durval Barbosa, como retribuição pelos favores políticos feitos pela então candidata”.

 

Por Ana Maria Campos e Helena Mader

Fonte: Correio Braziliense – Coluna Eixo Capital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui