CÂMARA LANÇA FRENTE PARLAMENTAR DA JUVENTUDE

1
8

A Frente Parlamentar da Juventude foi lançada no plenário da Câmara Legislativa nesta quarta-feira (2), dia em que a Política Nacional da Juventude completa seis anos. Proposta pela deputada Celina Leão (PMN), a iniciativa tem como objetivos debater e formular políticas públicas voltadas para os jovens. “A juventude não é uma bandeira só minha, tem que ser de toda a Casa”, disse a distrital durante a solenidade de lançamento da Frente. Celina Leão acredita que até o final do dia a proposição vai ter a assinatura de todos os 24 parlamentares.

 Feliz por proferir seu primeiro discurso como deputado exatamente na solenidade de lançamento da Frente, o mais jovem distrital desta legislatura, Israel Batista (PDT), fez questão de defender a capacidade e a competência dos jovens para fazer política: “Não precisamos da tutela de ninguém, nós sabemos debater e sabemos fazer política”.

A educação e a qualificação profissional foram assuntos bastantes citados no evento desta manhã. O líder do governo, deputado Wasny de Roure (PT) ressaltou a importância de se investir no ensino superior e em escolas técnicas, por exemplo. “Os jovens precisam ser preparados de maneira qualificada e competitiva”, disse. Outro assunto bastante mencionado foi a questão das drogas, em especial o consumo de crack.

 Os deputados Evandro Garla (PRB) e Liliane Roriz (PRTB) defenderam ações integradas por parte do Executivo, Legislativo e sociedade em geral. “É preciso fazer um trabalho de resgate dos jovens”, disse Garla. Para Celina Leão, “A palavra de ordem é a prevenção”. O secretário nacional da Juventude, Beto Curi, avalia que ao olhar para o passado recente da juventude brasileira houve muitos avanços. Para ele, o desafio atual é enxergar o jovem como uma solução e, não, como um problema – especialmente neste momento de crescimento econômico.

Fonte: CLDF/Foto: Rinaldo Morelli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui