CÂMARA X CQC

0
9

O presidente interino da Câmara, Marco Maia (PT-RS), recomendou à assessoria jurídica da Casa que defina normas para evitar o constrangimento de parlamentares por parte de jornalistas.

Maia manifestou solidariedade ao deputado Nelson Trad (PMDB-MS), que agrediu uma equipe do humorístico “CQC”, da Band.

Em suas páginas no Twitter, apresentadores do programa criticaram a decisão de Maia. “A Câmara quer proibir o CQC de ‘constranger’ os deputados. Pelo jeito, não querem concorrência”, disse Rafinha Bastos. Para Marcelo Tas, o “CQC mostrou como ninguém lê o que assina no Congresso”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui