Campanella na mira do MP, do GDF e da Câmara

0
21

Diretor do DFTrans é alvo de investigações, mas alega inocência e diz que segue ‘cumprindo missão’ no governo

Acusado de cobrar passagens de empresas com contratos no GDF para distribui-las a correligionários, o diretor-geral do DFTtrans, Marco Antonio Campanella, enfrenta intensa pressão. Ontem, o Ministério Público do DF abriu processo para investigar denúncias de diretores do Grupo Amaral, controlado pelo GDF desde fevereiro deste ano, de que os pedidos de passagens eram constantes e fruto de chantagem para que a empresa fosse beneficiada. Leia mais

Fonte: Jornal Metro Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui