MAIS
    HomeNotasCampeonato Brasileiro de Motovelocidade 2023 reunirá os melhores pilotos do país em...

    Campeonato Brasileiro de Motovelocidade 2023 reunirá os melhores pilotos do país em três competições independentes

     

    Com estreia em Goiânia (GO) nos dias 14, 15 e 16 de abril, o calendário deste ano do Brasileiro de Motovelocidade será dividido em seis etapas e abrigará as disputas do Yamalube R3 bLU cRU América Latina, do MOTO 1000 GP e da 2 Horas Endurance.

    São Paulo (SP), abril de 2023 – Pilotos de 10 países diferentes. Disputas em categorias multimarcas e monomarcas. Provas que valem o título nacional e latino-americano. Abrimos o mês da motovelocidade e o eco dos motores promete tomar conta dos principais circuitos do país. Competidores a postos e contagem regressiva para a largada. Faltam apenas duas semanas para o início do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade 2023. Com chancela da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM) e realização da Tech Time Ltda e M78, a 1ª Etapa da competição será disputada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, nos dias 14, 15 e 16 de abril, e terá transmissão ao vivo no YouTube e pelo canal por assinatura BandSports.

    A temporada 2023 promete ser inesquecível. Serão ao menos oito largadas por etapa, divididas em três competições totalmente independentes que ocorrerão sob a tutela do Campeonato Brasileiro. Em um mesmo final de semana, os espectadores poderão acompanhar, das arquibancadas ou pela televisão, os treinos e provas do Campeonato Yamalube R3 bLU cRU América Latina, do MOTO 1000 GP e da 2 Horas Endurance. Com o mais elevado nível técnico e as melhores práticas de segurança exigidas pela FIM – Federação Internacional de Motociclismo –, o Campeonato Brasileiro espera reunir ao menos 160 pilotos, entre todas as categorias, em cada uma das seis rodadas programadas.

    De âmbito nacional, o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade percorrerá as pistas de cinco autódromos diferentes localizados em quatro Estados do país. A competição inicia em Goiânia (GO), com a abertura realizada no Autódromo Internacional Ayrton Senna. Depois segue para Campo Grande (MS), onde as disputas serão travadas no Autódromo Orlando Moura, e chega à metade da temporada em Lima Duarte (MG), no moderno Autódromo Potenza. Em seguida parte para Cascavel (PR), no tradicional Autódromo Zilmar Beux, retorna a Minas Gerais, em Curvelo, no Circuito dos Cristais, e encerra a temporada 2023 no mesmo palco da abertura, em Goiânia.

    “O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade está crescendo mais a cada ano. Tenho certeza que esse ano será um diferencial. Vamos crescer muito devido à grande participação de pilotos, de nível nacional e até mesmo internacional, que estão aderindo ao nosso campeonato. Estou bastante ansioso e esperançoso para que a temporada de 2023 inicie logo para que possamos ter um grande ano e um grande campeonato”, comenta Firmo Henrique Alves, presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo.

    Brasileiro de Motovelocidade: três eventos em uma só competição!

    Campeonato Yamalube R3 bLU cRU América Latina é um dos três eventos que integram o calendário 2023 do Brasileiro de Motovelocidade. A competição monomarca da Yamaha, que utiliza unicamente motos YZF-R3 preparadas para às pistas, chega à sua 7ª edição neste ano com 49 pilotos inscritos, sendo 13 estrangeiros, divididos nas categorias R3 Talent – para pilotos de 12 a 22 anos – e R3 Cup, para pilotos a partir de 23 anos. Além disso, o campeonato terá a participação de duas pilotos mulheres: as jovens Gabrielly Lewis e Raquel Vaz. Os atuais campeões Bruno Ribeiro, da categoria Cup, e Gustavo Manso, da Talent, também retornam à disputa para defender a manutenção dos respectivos títulos.

    Com objetivo de incentivar o desenvolvimento de jovens talentos no mundo da motovelocidade, o Campeonato Yamalube R3 bLU cRU América Latina, que até o ano passado era chamado de R3 bLU cRU Cup, já lançou diversos vencedores mundo a fora. O piloto Enzo Valentim, formado nas categorias da casa, é o atual campeão europeu da R3 bLU cRU European Cup. Os jovens competidores Ton Kawakami, Humberto Turquinho e Enzo Valentim participam da Supersport 300, classe de acesso do Mundial de Superbike. Por fim, Meikon Kawakami, que disputa o Espanhol de Motovelocidade (ESBK), encerrou a temporada passada na quarta colocação do classificatório geral.

    O segundo grande evento que integra o Brasileiro de Motovelocidade deste ano é o Moto 1000 GP. O campeonato, que fez história entre os anos de 2011 e 2015, está de volta após uma longa pausa de sete anos de inatividade. Criado pelo ex-piloto Gilson Scudeler, a competição é amplamente reconhecida como um dos eventos motociclísticos mais respeitados já promovidos no país, devido, principalmente, à organização, profissionalismo e a implantação das melhores práticas trazidas das competições europeias.

    Ao longo das cinco temporadas realizadas, o Moto 1000 GP coroou grandes nomes da motovelocidade, como os bicampeões Mathieu Lussiana (2015-2014) e Luciano Ribodino (2013-2012), além de Alan Douglas, vencedor da temporada 2011, todos pela categoria GP1000. Neste recomeço, agora sob o comando da Tech Time, com os diretores Donato Miranda (diretor esportivo) e Marcos Vinicius Tucano (diretor técnico), e da M78, o campeonato retoma as disputas da principal categoria, com motos de 1.000 cc, assim como das classes intermediárias GP300 e GP600, com a supervisão e apoio de Gilson Scudeler.

    Valendo o título nacional 2023, a GP1000 já tem seu grid formado por 11 equipes inscritas, cada uma representada por dois pilotos. Entre os times que disputam a categoria rainha estão: ART Aston Racing, Center Moto RacingDazzi Racing, Motobel Brothers, Norte Minas Racing, Potenza Racing, Procomps XL Racing, PRT M78 Yamaha, PRT AD78 Yamaha, Surf BSB Motor Racing e 77Galego Racing.

    Por último e não menos importante, o Campeonato Brasileiro de Motovelocidade 2023 contará ainda com a realização do ‘2 Horas Endurance’, evento que estreia neste ano e acontece ao longo de todas as seis etapas do calendário. Com provas de duas horas de duração, as equipes participantes poderão utilizar até quatro pilotos por moto para completar a longa e desgastante disputa, que exigirá muita concentração e uma excelente estratégia dos boxes.

    Confira abaixo a lista dos pilotos e equipes da categoria GP 1000 que disputarão a temporada 2023 do MOTO 1000 GP:

    ART Aston Racing Team – Alexandre Ayabe (#850) e Gleidson Babinha (#10)

    Center Moto Racing – Pedro Lins (#30) e Bernardo Herculano (#741)

    Dazzi Racing – Bruno Gibi (#94) e Elvis Carneirinho (#18)

    Motobel Brothers – Eduardo Marques (#231) e William Barros (#23)

    Norte Minas Racing Team – Michel Abboud (#8) e Victor Olivera (#5)

    Potenza Racing – Rafael Maranhão (#69) e Guilherme Agostine (#58)

    Procomps XL Racing Team – Alexandre El Toro (#75) e Luis Ferraz (#13)

    PRT M78 Yamaha – Meikon Kawakami (#83) e Breno Pinto (#44)

    PRT AD78 Yamaha – Ton Kawakami (#87) e Pablo Nunes (#28)

    Surf BSB Motor Racing – Henrique Castro (#88) e Iovandes Natural (#3)

    77Galego Racing Team – Alan Galego (#77) e Hugo Barbosa (#188)

    Calendário do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade – 2023

    1º Etapa de GOIÂNIA – 14 a 16 de abril, Goiânia (GO) – Autódromo Internacional Ayrton Senna;

    2ª Etapa de CAMPO GRANDE – 26 a 28 de maio, Campo Grande (MS) – Autódromo Orlando Moura;

    3ª Etapa de LIMA DUARTE – 14 a 16 de julho, Lima Duarte (MG) – Autódromo Potenza;

    4ª Etapa de CASCAVEL – 25 a 27 de agosto, Cascavel (PR) – Autódromo Zilmar Beux de Cascavel;

    5ª Etapa de CURVELO – 6 a 8 de outubro, Curvelo (MG) – Circuito dos Cristais;

    6ª etapa de GOIÂNIA – 10 a 12 de novembro, Goiânia (GO) – Autódromo Internacional Ayrton Senna.

    Restando apenas duas semanas para a abertura do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, a programação completa da 1ª Etapa será divulgada nos próximos dias. Para mais informações, acesse o www.M1Gp.com.br   e os perfis oficiais nas redes sociais:    Instagram + Facebook + Youtube:  Brasileiro de Motovelocidade e MOTO 1000 GP.

    Serviço: Campeonato Brasileira de Motovelocidade – Etapa de Goiânia

    Autodromo Internacional Ayrton Senna – GOIANIA – GO

    Data: 16 de abril de 2023 – Domingo

    Ingressos:  Paddock (R$ 50) + Arquibancada (R$25) + taxas.

    Adquira através do Sympla – Ingressos:

    Horário:  9h30 – 17h

     

    LEAVE A REPLY

    Please enter your comment!
    Please enter your name here

    Deve ler

    spot_img