CARLOS HONORATO: EURIDES BRITO PODE SER UMA ‘BOMBA-RELÓGIO”

0
11

Eurides Brito pode ser uma ‘bomba-relógio’

O serpentário da Câmara Legislativa do Distrito Federal já começa a destilar veneno nos corredores por conta da eminente cassação da deputada (afastada) Eurides Brito (PMDB). Com a confirmação do novo relator do processo, deputado Chico Leite (PT), Eurides vê suas chances na casa serem reduzidas a zero. “Ela teria dito a uma pessoa próxima, amiga e companheira de religião, que “não tem mais esperanças, mas vai cair de pé”. A deputada fez as contas e viu que toda a estratégia da Casa foi lançá-la na cova do leões. Ou seja, o bode expiatório que restou para salvar um pouco da credibilidade do Legislativo.

Cassada pelos pares, a opinião pública atenua a carga de críticas aos deputados por conta da Operação Caixa de Pandora. Chico Leite garantiu que o parecer deve ficar pronto até o final da semana. Com isso, após ser votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), os deputados terão cinco sessões para decidir o futuro de Eurides.

Os comentários pelos corredores e gabinetes da Câmara são de que a deputada não vai cair sozinha, já que carrega em sua bolsa muitos segredos dos colegas que votavam com o governo de José Roberto Arruda, então do DEM. Ela era a líder do governo na Casa, portanto, guardiã de muitas negociações de bastidores que certamente foram compensadas com favores variados. “Eurides sabe que ela pode se transformar numa bomba-relógio e acabar de vez com a pose de muitos deputados”, contou um ex-assessor ao Jornal Opção na quarta-feira, 2.

Pode ser apenas uma simples ameaça já que, se ela realmente revelar os bastidores de qualquer negociação que envolva compensações financeiras, terá que provar na Justiça. Como Eurides não tem nenhum pendor para ser Durval Barbosa, ninguém acredita que ela leve esta ameaça adiante. O argumento passa por uma constatação óbvia: se ela denunciar colegas, ela também será envolvida como cúmplice, como observou um deputado.

O jornalista Donny Silva postou em seu blog na terça-feira, 1º: “Ela (Eurides) foi peça fundamental na eleição do ex-deputado Leonardo Prudente (ex-DEM) para presidente da Câmara Legislativa do DF. Portanto, sabe como, onde e quanto custou a eleição de Prudente. Sabe inclusive porque o ex-diretor do Detran Jair Tedeschi, que foi chefe de Gabinete de Prudente quando este assumiu a presidência da Câmara Legislativa, ainda permanece no cargo, agora com o presidente Wilson Lima, com anuência da mesa diretora. (…) Nos corredores e gabinetes, muitos parlamentares estão ‘tremendo na base’, até porque três jornalistas já sabem de tudo, inclusive quanto alguns receberam para aprovar alguns projetos”, relata Donny.

Fonte: Carlos Honorato

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui