CASO EURIDES BRITO: RELATÓRIO APONTA FORMAÇÃO DE QUADRILHA

1
14

Caso Eurides: relatório aponta formação de quadrilha

Erika Kokay: defesa de Eurides é cheia de “contradições”

A deputada distrital Erika Kokay (PT), relatora do processo que corre contra Eurides Brito (PMDB) na Comissão de Ética da Casa, afirmou nesta terça-feira (25) que há fortes indícios de formação de quadrilha pela parlamentar peemedebista. Esse é um dos pontos mais fortes que, segundo Kokay, motivaram a sugerir a cassação de Eurides.

O relatório, entregue nesta terça-feira (25), sustenta nas 126 folhas que a parlamentar quebrou o decoro, também, por ter recebido recurso de origem supostamente ilícita. “Há um vasto material que aponta que recursos manuseados pelo senhor Durval Barbosa têm origem na corrupção”, afirmou a petista.

Ainda segundo Érika Kokay, a defesa de Eurides Brito é cheia de “incoerências” e “contradições” em vários aspectos e, por isso, não se sustenta. “Não nos restou alternativa que não sugerir um projeto de resolução para a perda de mandato da deputada para que, enfim, a sociedade possa ter certeza de que esta Casa não está encoberta pelo manto da impunidade”, afirmou.

Com o relatório entregue, os deputados da Comissão de Ética têm até quinta-feira (27) para tomar conhecimento dos argumentos da relatora e, com isso, decidirem se acompanham a relatora, ou não, no pedido de cassação. Há uma tendência de que os parlamentares, precisamente os que não fazem parte da bancada governista, acompanhem o parecer de Erika Kokay. Se aprovado na Comissão de Ética, o processo contra Eurides Brito segue para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) antes de seguir para o plenário da Casa.

Fonte: blog do sombra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui