CASO ÉWERTON: FAMÍLIA ESPERA POR JULGAMENTO DE EX-DEPUTADO

1
6

A tristeza é grande para os pais e a irmã do garoto Éwerton, brutalmente assassinado aos 17 anos numa pista entre Samambaia e o Recanto das Emas. Os assassinos confessos foram identificados, presos e condenados, mas o MANDANTE do crime, segundo os próprios assassinos, seria o ex-deputado Carlos Xavier (que foi cassado por ter mandado queimar documentos da administração de Samambaia). O que chama atenção neste caso, segundo a família,é o fato dos assassinos – por serem pobres – terem sido julgados rapidamente, mas em relação ao julgamento do ex-deputado, até hoje o processo se arrasta lentamente. Por qual motivo? Xavier teria de ir à Júri popular, mas até agora, nada. Foram muitos os recursos impetrados por seus advogados nos últimos anos. A família se sente frágil diante de uma Justiça “tão injusta”. Segundo a acusação, Xavier teria mandado matar o rapaz após ter tomado conhecimento de que sua ex-mulher estaria tendo um ‘caso’ com o rapaz. Mas afinal, o que falta para a Justiça julgar o ex-deputado Xavier?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui