CASO GIM ARGELLO E O SILÊNCIO DE AGNELO

2
6

O PTB ajudou eleger Agnelo Queiroz (PT)  governador do DF. Agora, diante de um novo escândalo envolvendo o nome do senador Gim Argello (PTB), o governador eleito e sua turma evitam falar no assunto, assim como Filippelli evita falar sobre as denúncias que envolvem seus dois deputados distritais na Caixa de Pandora: Benício Tavares e Rôney Nemer.

Quando explodiu a Caixa de Pandora, Filippelli – que até aquele momento era o mais novo queridinho de Arruda – ficou no caminho sem saber o que fazer. E olha que nos dois primeiros anos, Tadeu Filippelli usou seu tempo na tevê para atacar o governo de Arruda, além do  jornal de seu partido que sempre atacava o governo do DEM.

Depois, virou arrudista. Agora, é petista roxo. E também não vai falar sobre o escândalo que envolve o companheiro Gim. Afinal, ‘cumpanheiro’ não tem defeito, não é mesmo?!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui