CASSAÇÃO DE JAQUELINE FICA PARA AGOSTO

7
9

bsb4(1).jpg

de Jaqueline fica para agosto A votação do pedido de cassação da deputada Jaqueline Roriz (PMN) fica para o segundo semestre. Acusada de ter recebido dinheiro de propina de Durval Barbosa, pivô do escândalo conhecido como mensalão de Brasília, Jaqueline apresentou recurso contra a decisão do Conselho de Ética da Câmara de recomendar sua cassação por quebra de decoro na terça-feira, 28, e a Comissão de Constituição e Justiça não terá tempo para apreciar o recurso antes do recesso. Caso o recurso seja negado, o pedido de cassação segue para a mesa diretora. Para que Jaqueline seja cassada, é preciso que pelo menos 257 deputados acompanhem a posição do Conselho de Ética. A defesa argumenta que os fatos gravados ocorreram em 2006, quando Jaqueline não era deputada.

Fonte: Jornal Opção

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui