CEOF aprova indicação de Vasco Gonçalves para presidir o BRB

1
16

vascoBRBcldf

 

 

 

 

 

Novo presidente do BRB diz que vai investir em tecnologia de ponta
Por unanimidade, a Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) da Câmara Legislativa aprovou na manhã desta terça-feira (3), a indicação feita pelo governador do DF, Rodrigo Rollemberg, para que o administrador e funcionário de carreira do BRB Vasco Gonçalves assuma a presidência do banco. A votação tranquila e rápida do relatório apresentado pelo presidente da CEOF, deputado Agaciel Macia (PTC), aconteceu após arguição feita ao indicado, por membros daquela comissão, conforme prevê a Lei Orgânica do DF.

Nas respostas às questões levantadas pelos parlamentares, Gonçalves adiantou que entre as prioridades de sua futura gestão à frente do BRB está a melhoria do atendimento aos clientes, com mais investimentos “na tecnologia de ponta”. Enfatizou ainda que o banco “precisa de mudanças para tornar o crédito aos clientes mais adequado”. Ele reconheceu que o banco precisa ser “mais agressivo” na sua atuação no mercado, fora das fronteiras do DF.

Durante a sabatina, o deputado Prof. Israel Batista (PV) elogiou a escolha de Gonçalves como o primeiro funcionário concursado do BRB a assumir aquele cargo. E manifestou sua preocupação com o fato de os clientes reclamarem, “numa lenda urbana”, que muitas vezes não conseguem fazer operações de saque aos finais de semana. Criticou também que muitos frentistas de postos de combustíveis pedem para passar o cartão magnético do banco antes de efetuarem o abastecimento dos veículos. O presidente do BRB disse que o banco alcançou “disponibilidade de 99,78%” naquelas operações, e que pretende melhorar ainda mais esse resultado.

O deputado Rafael Prudente (PMDB) defendeu a necessidade de os novos gestores do BRB evitarem novos casos de envolvimento do banco em escândalos financeiros, como aconteceu no passado. Gonçalves garantiu que eles estarão atentos para evitar que o banco “seja notícia fora das páginas de economia”. Já o deputado Wasny de Roure (PT) defendeu a necessidade de o banco expandir sua carteira de fomento à produção.

Ao parabenizar a aprovação do novo presidente do BRB, Agaciel Maia desejou-lhe sucesso, explicando que isso traria benefícios tanto para os servidores do banco, como para a população de Brasília. A indicação de Gonçalves precisa ainda ser confirmada pelos deputados distritais, em plenário – o que poderá acontecer na sessão ordinária desta terça-feira.

Reajustes – A CEOF irá realizar, em breve, um debate para discutir com membros do Ministério Público do DF o pedido de suspensão dos reajustes concedidos a várias categorias de servidores públicos do âmbito do GDF, ano passado. A proposta, feita pelo deputado Wasny de Roure, foi acatada pelo deputado Agaciel Maia, presidente daquela comissão. A data da audiência pública deverá ser definida na próxima reunião daquela comissão.

“Como os reajustes foram aprovados inicialmente aqui na CEOF não podemos nos isentar de discutir com profundidade essa questão, pois já há um pedido de liminar em exame para a suspensão dos reajustes”, justificou Wasny.

 

Fonte: CLDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui