Chapa ameaçada: Bolsonaro e Mourão têm 3 dias para apresentar defesa no TSE

3
70

Corregedor eleitoral também deu prazo para empresários ligados ao presidente se defenderem no processo que pede a cassação da chapa

IGO ESTRELA/METRÓPOLES

 

Ocorregedor-geral eleitoral, ministro Og Fernandes, abriu nesta sexta-feira(29/05) um prazo de três dias para que o presidente da República, Jair Bolsonaro e o e o vice-presidente, Hamilton Mourão, possam apresentar informações sobre o pedido feito pelo PT para que sejam juntados às Ações de Investigação Judiciais Eleitorais (Aijes) – sobre irregularidades na campanha de 2018 – dados do inquérito que apura ofensas a ministros do STF.

Além do presidente e do vice, o prazo vale ainda para empresários apontados por suposto impulsionamento de mensagens em massa e que foram alvo da operação de busca e apreensão autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, nesta semana.

3 COMENTÁRIOS

  1. Por qual motivo querem tanto tirar esse Presidente. Enquanto outros ladões do planalto ficaram o tempo que quiseram. Espero que caia, que vocês vão ver o que é bom, vão ver a ditadura da esquerda tomar conta. Brasil vai virar uma China. Vocês vão ver.

  2. Espero que caia é que vocês tenham um governo vermelho igual os chineses tem. Vocês fazem apologia a essas notícias. Saibam que quando o PR cair, não vai ter mais imprensa livre não. Nem livre concorrência das emissoras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui